terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Apenas sinta, a batida do meu coração sinta, o que minha alma te revela sinta, meu corpo pulsar pelo teu sinta, meus lábios ansiarem pelos teus sinta, o cheiro da pele sinta, a melodia da voz sinta, o toque cálido sinta, a palidez da doçura apenas sinta.

domingo, 21 de setembro de 2014

E das minhas mágoas
e das minhas dores
somente eu quem as conhece
ninguém pode conhece-las
ninguém deve ver elas
Somente eu
Somente a minha solidão
a minha dor
aminha revolta
e o meu sofrer
podem ter acessos a elas.
Não desjo esta tortuna a ninguém
não vejo motivos para isto
ninguém deve sofrer por mim
apenas eu mesma.
Raysa Ribeiro

domingo, 17 de agosto de 2014

Desculpa se não sou a menina dos teus sonhos, se não sou meiga e delicada, se não sei me por como uma menina, se não me dou o respeito e falo besteiras, se não sigo o bom padrão da sociedade, se não me comporto como uma dama. Desculpe mas sou uma mulher, sou grossa e indelicada, por ser mulher não posso ser menina, me dou o respeito, mas falo quantas besteiras eu quiser, meu padrão é oque me faz feliz e livre, não nasci para ser dama e sim livre. Desculpe, mas se sonhas com essa menina esta no caminho errado. Nasci para ser livre e não para ser submetida as vontades dos outros, amar é livre, mas quando cobra passa de amor. Não sou e nunca serei uma boa menina, não seguirei as ordens e tão pouco cumprirei todas as regras. Sou uma mulher,apenas mulher, e para uma mulher o quadro de boa moça não se encaixa em mim. Se quiser me amar, me ame... Mas da forma que sou...

sábado, 31 de maio de 2014

Por vezes sinto-me tão perdida fora de mim. Desconheço a imagem que reflete no espelho. Peco-me entre sonhos e realidade. Uma parte de mim quer ficar, mas a outra quer voar. Não sei oque fazer. Não reconheço-me mais, perdi-me no tempo e no espaço. Vivendo uma realidade de sonhos, ou sonhos reais! Quem sabe em qual caminho me perdi. Qual será a sensação de voltar. Por qual caminho seguir, quando não sei qual a escolha certa. Se o certo não existe e tão pouco o errado é presencial. Sentimentos... Apenas sentimentos... Raysa Ribeiro 31.05.2014

domingo, 5 de janeiro de 2014

Só queria entender as pessoas. Gostaria de entender essas suas personalidades por vezes tão absurdas. Gostaria de poder sentar e conversar com alguém. De acordar pela manhã e ter alguém para me acompanhar no café. Sentar-me em uma tarde qualquer tomar um belo chá e conversar, apenas conversar sobre coisas banais. Tentar achar sentido em momentos absurdos. Queria apenas um sorriso sincero e olhos, sim olhos, olhos verdadeiros, que sorri-sem mais que os lábios. Queria pessoas de verdade ao meu lado. E não atores da vida real, que mentem e enganam que sorriem quando querem chorar ou soltam falsas gargalhadas quando a intenção é matar. Será que algum dia ainda terei o prazer de ver a verdade saindo dos lábios de alguém. Ou de ver uma lágrima sincera escores pelos olhos por alguém que partiu. Quem sabe em meus sonhos, na minha realidade secreta e oculta, eu não me sente em uma tarde qualquer em um lugar qualquer tomando algo em boa companhia, e falaremos destas loucuras do mundo, apenas pelo prazer de conversar... Raysa Ribeiro 05.01.2014

domingo, 15 de setembro de 2013


Segura minha mãe e não solte mais. Segura minha mão e segue ao meu lado. Segura forte minha mãe pois te quero sempre perto. Segura minhã mão, pois nas tuas deixei meu coração. Segue comigo... Segue pela vida segue pelo amor Não me abandone agora não me faça chorar não minta para mim para meu coração para meu corpo Deixe as lembranças passarem. Deixe a chuva lá fora lavar tua alma Apenas me ama e sinta meu doce amor apenas deixe-se levar por meu sentimento Não me julgue, não ache coisas de mim. Observe apenas. Te amo seria muito pouco, e um tanto infame de dizer mas no momento é a única palavra que se pode dizer. Te amo Raysa Ribeiro 15.09.2013

terça-feira, 6 de agosto de 2013

E no despertar da noite sombria ela fez luz.
Não uma luz ao qual costumamos  ver.
Ela parecia fogo.
Radiava como fogo.
As mágoas e as tristezas haviam se consumido.
O fogo queima-rá todas as suas dores
Queimou também sua pureza
sua aura
Queimou seu riso .
Ela despertou em meio a noite.
Seu pedido havia sido atendido.
Seu olhar era fogo.
Seus doces olhos castanhos não existiam mais.
No lugar deles.
Olhos da cor de vinho.
Seus lábios delicados e rosados
tomaram uma tonalidade carmim.
Sua pele levemente amorenada
era agora pálida
alva de uma beleza temerosa
Seus cabelos antes castanhos
agora negros de uma tonalidade azul
como a pena de um corvo.


quinta-feira, 25 de julho de 2013

Pacto

E é assim...
Nossa aliança marcada no sangue.
Nosso amor escrito na morte.
Eterno pacto de sangue...

Meu amado menino.
Meu anjo das trevas.
Meu doce demônio.

Por que foste embora?
Porque partiu?
Abandonaste tua amada?

Não!
Na verdade sempre estavas aqui.
Sempre do meu lado.

Amor que me devora e me consome por dentro.
Amor que me faz sofrer...
Amor louco e sanguinário.

Teus olhos negros...
Tua tez livida.
Teu toque gélido.
Ai amor...

Consome meu corpo e minha alma.
Torna-me impura...
Me leva para o inferno.

Me de o doce cálice do pecado.
Mas me de a aliança.

Nossa aliança de sangue...
Nossa aliança de maldito ouro.
Ouro impuro.
Nossa aliança forjada no inferno...

Amor é amor...
Amor é igual no lado do bem...
Amor é igual no lado mal...
Amor com desejo...
Amor com luxúria...
Amor com volúpia...
Amor com pecado...

Meu amor...


Raysa Ribeiro

25.07.2013

domingo, 14 de julho de 2013

A deliciosa dor


Por mais que seja a dor,
a dor é uma suave prazer.
A dor é tão prazerosa que chega a ser desejada
com todo meu corpo
com toda minha alma.
A dor...
Essa dor que me faz sorrir e chorar.
A dor que não me abandona,
a dor que me faz bela.
A dor mais gostosa e gratificante da minha vida.
A dor...
Apenas a deliciosa dor do prazer de fazer oque se ama.
Essa dor que me faz feliz.
Essa dor que não é dor.
É apenas um sacrifício 
uma suave alegria.
Uma explosão de amor.
Uma conjugação de ser feliz.
Uma atitude.
Um pequeno orgasmo dentre a grandeza do universo.
Essa dor que sinto nos pés,nas penas,
nos músculos.
Mas que na alma é uma alegria incontrolável.
O que é a dor no corpo, quando se tem a alma em júbilo.
Oque é a dor que fere teu corpo
que mutila ele aos poucos
comparado com a leveza da alma.
Essas dores não são nada.
Dançar é o prazer da vida.
A riqueza da alma.
O presente aos Deuses.
O presente delicada a Hera.
Representada docemente por Vênus.
Tão acaricida e vivida sensualmente por Arthemis.
Essas dores não são nada.
Delicio-me no prazer dessa dor.
E reverencio as minhas mães.
Reverencio o sabor de ser mulher.
E vivo no prazer da sensualidade que a dança traz...
Dor é apenas a fraqueza saindo do nosso corpo
para sermos mais fortes e mais firmes em nossas vidas....


Raysa Ribeiro

14.07.2013


Desejos

Me submeta as tuas vontades.
Me obrigue a seguir teus desejos.
Me faça descobrir o amor.
Me faça descobrir o desejo.

Me prenda e me ame.
Me bata e me ensine.
Me mostre.
Me domine.

Me deseje.
Me anseie.
Me pegue com força e vontade.
Me mostre o proibido.

Quebre a minha santidade.
Ouse!
Faça!
Siga teus instintos,
Tuas vontades
Teus desejos.

Beija-me ardentemente.
Me toque de uma forma que me enlouqueça.
Me abraça de uma forma q eu me perca.

Me faça cair.
Me faça pecar.
Me faça sentir desejo.

Tira-me dessa vida.
Atira-me no inferno das vaidades.
Me afunde em luxuria.
Me faça uma pecadora.

Que Heros me mate...
Que Persefone me leve.
Que os Deus me amaldiçoem.

Mas é amor...
É fogo...
É água...
É minha mais doce perdição...


Raysa Ribeiro
14.07.2013

Henrique

Henrique!
Chamo por teu nome.
Clamo por teu calor.
Henrique!
Meu sonho.
Meu menino.
Meu pequeno motivo de viver.
Henrique!
Tu quem escreve em meu corpo o amor.
Tu quem cria a história perfeita de mim.
Henrique!
Teus lábios.
Tua pele.
Teu corpo.
Teu toque.
Me enlouquecem.
Me fazem viajar.
Henrique!
Que escreves de mim?
Que procuras em meus braços?
Porque foges?
Tens medo de meu amor?
Henrique!
Me ame sem pensar no amanhã.
Me ame apenas.
Esteja comigo agora.
Sinta o pulsar do meu corpo,quando ouço tua voz.
Sinta toda emoção de meu coração.
Sinta meu calor.
Sinta meu corpo junto ao teu.
Me deseje, me ame, me tenha...


Raysa Ribeiro

14.07.2013

sexta-feira, 12 de julho de 2013

"Te amo" é uma palavra muito séria.
Muito forte por sinal.
Não se sai por ai dizendo a qualquer um.
Esse " EU TE AMO" deve ser dito de coração,
deve sair do fundo da alma.
Deve ser verdadeiro.
Não ser dito ao vento.
Amar uma pessoa e dizer "eu te amo" a outra
só pq a quem tu amas te rejeitou.
Já pensastes que estas a criar uma ilusão dentro de um coração?
Já pensaste que oq tu sofres, tu vais fazer alguém sofrer, por essa palavra.
Então pense antes de abrir teus lábios para dizer "EU TE AMO"
E saiba que de meus lábios só ouvirá essa linda frase quando em meu coração,
o amor reinar mais forte.
Quando eu for dizer "TE ADORO" e em um impulso
minha mente me obriga a dizer "EU TE AMO"
E quando esse fato assombroso ao meu ver acontecer.
Jamais me decepcione, pois nesse momento sou capaz de dar minha
vida pela tua, e de andar todos os desertos a tua procura.
Mas aprenda uma coisa...
Meu amor é conquistado.
Conquiste-o todo dia e me mantenha encantada no teu olhar.
Jamais minta ou omita.
Gosto de verdades por mais dolorosas que elas sejam.
Então me ganhe no jogo da conquista, mas me perca com qualquer idiota mentira...
Raysa Ribeiro

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Seth

Por mais que eu tente tirar você dos meus pensamentos,
tua doce imagem me atormenta de uma tal forma que não sei
dizer.
Por mais que eu tenha andado só, 
e por mais causas de dor que tu me causastes,
não consigo te esquecer.
Por que?
Porque estas em mim, como eu jamais estive em você?
Por que tentei buscar em outros braços
oque na verdade só tenho nos teus.
É medo?
Medo que tu tens?
Medo do que?
Não compreendes que eu sou a única capaz
de te fazer feliz.
Não compreendes que meu amor é maior que tudo.
Não vês?
Por que tortura minha alma desta maneira.
Não vejo razões para ser assim.
Por que ficas longe de mim?
Não percebes que minha alma chora e minha dor aumenta.
Ai que fazes comigo.
Não tens piedade em teu coração?
Não percebes que meu riso é falso longe de ti?
Não vês que meu amor é maior que tudo.
Desculpa meus erros.
Desculpa minhas mancadas.
Desculpa minha forma de ser.
Mas por favor jamais me deixe te perder...
Te amo!
Emy.

Raysa Ribeiro
03.07.2012

terça-feira, 2 de julho de 2013

...

Por mais que eu não saiba,
por mais que eu não entenda,
por mais que o mundo seja contra meus ideais.
Eu sigo...
Eu vejo...
Eu sinto...
Por que a arte é mais forte.
O amor é mais forte.
A melodia é mais forte que tudo...
Dança...
Dança comigo.
Nem que seja essa a nossa última dança.
Nem que seja a última vez que eu veja teus olhos.
A última oportunidade de beijar teus lábios.
Me de ao menos uma chance de recomeçar.
De poder voltar ao tempo.
Me diga apenas...
Sim ou não.
Mas acabe de vez com essa tortura do meu coração...

Raysa Ribeiro

02.07.2013

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Preciso Apenas de ti

Preciso de algo forte que me toque o coração
Preciso de algo leve que me traga alegria
Preciso de algo louco que me tire da razão
Preciso de algo sólido, que mantenha meus pés no chão.

Preciso de um amor...
Preciso de um amigo...
Preciso do teu beijo...
Preciso do teu sorriso...

Preciso de um novo sonho
Preciso de velha canção
Preciso tanto de Heros
Quanto preciso de uma unção.

Um amor as vezes vale, uma amizade ser perdida.
Quando vale mais a amizade virar amor e por si ser mais querida.
Quando o sol fazer brilhar a lua em toda sua mais pura sintonia.
Quando o coração se alegra com as flores da manhã, em uma tarde assim tão bela.

Preciso de todo amor do mundo.
Como também preciso dar amor.
Preciso da luz da lua.
Preciso do teu amor.

Tão marcante teu riso.
Tão alegre tua voz.
Penetrante és teu olhar.
E doce és teu beijo....

Digamos que não preciso de nada.
Apenas preciso de ti.
Pois precisando de tudo,
apenas preciso de ti....

Raysa Ribeiro
30.05.2013


Rosa Negra

As rosas ditam o amor.
Mas as minha refletem a dor.
Se vermelho é a cor do amor.
Negro é a cor da dor.
Rosas negras.
Minhas dores, meus amores.
Tão belas são as minhas rosas.
Tão frio é meu coração.
Não nada que me faça aquecer.
Não ah quem me faça parar de sofrer.
Amor!
Não!
Não o quero e nem desejo.
Deixe-me aqui só.
Deixe-me com meu jardim.
Deixe-me com minhas dores.
Talvez oque eu queira seja apenas
não mais sorrir.
Imersa em meu mundo.
Perdida em meus sonhos.
Contando silenciosamente os dias.
Chorando baixo.
Sentindo aos pouco a morte.
E virando uma das rosas.
A mais bela rosa negra...


Raysa Ribeiro
30.05.2013

sábado, 27 de abril de 2013

Impossível para mim

Como amor?
Me diga como?
Como a rosa que traz amor.
Como o livro que me conta os segredos.
Como sangue que me une a você.
Como pode ser assim?
Amar alguém que não posso ter.
Que sofrimento em minha alma por isso.
Ter que olhar e jamais poder beijar.
Ter por perto, mas jamais tocar.
Querer das todo afeto e carinho e não poder.
Porque fazes isso comigo coração?
Ter que sentir o toque de leve no meu braço
enquanto eu desejo que toque meu corpo.
Sentir um beijo no rosto,
se eu anseio que me beije os lábios.
Sonhar em ter ao meu lado,
mas na realidade esta ao lado de outra.
Tortura-me coração.
Que mal eu fiz aos Deuses para isso.
A cada dia isso me mata aos poucos.
Me faz sofrer a cada dia mais.
Pare com isso amor.
Já não basta oque fazes comigo?
Ainda me tortura com palavras doces.
Palavras dos lábios que desejo.
Do corpo ao qual desejo sentir o calor.
Tortura para a minha alma e para meu corpo.
Amor que pensas em meu bem
mas que só me faz mal.
Amor que não me faz esquecer.
Amor que me faz te querer a cada dia mais.

Raysa

27.04.2013
22:46

sábado, 26 de janeiro de 2013

Pablo

Calmo como novembro,
Misterioso como maio.
Apaixonante como dezembro.

Era assim como a primavera em setembro.
Teus olhos tão profundos 
teus beijos enigmáticos,
Tua pele!

Cálida luz da lua,
Anjo de meus mais belos sonhos,
amor que me inspira.

Pablo és teu nome!
Encanto meu da meia noite.

Por teu amor, esqueci aqueles olhos de jade
olhos aos quais não quero jamais,
mas anseio pelos olhos ...

Raysa Ribeiro
26.01.2013

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Não sabia






E assim como se fosse nada,
se transformou em tudo.
E como se não houve-se tempo,
tornou-se temporal.
De onde não existia o interesse,
tornou-se carnal.
De onde habitava a amizade,
nasceu a desejo capital.
Tão estranho quanto as luzes.
Tão sombrio quando a noite.
Mas tão belo quando a lua.
Tão feroz como um leão.

Abateu em mim,
em meu ser,
me fazendo esquecer,
o menino pecador.
Me fazendo entender...
Que por mais q eu saiba,
jamais compreenderei os caminhos 
errantes do coração.
Paixão, amor, atração,
mistérios que nem o mais sábio de todos os homens é capaz de decifrar....


Raysa Ribeiro
17.01.2013


domingo, 23 de dezembro de 2012

Maldição de amor


Tristeza em minha alma.
Dor em meu meu peito.
Amor que se desfaz.
Somente sofrimento...
Lágrimas de sorrisos.
Amargo sabor do fel este beijo.
Volúpia inexistente.
Apenas dor.
Apenas tristeza.
Apenas um vazio em meu peito.
Onde antes se transbordava alegria,
agora só dor...
Meus olhos antes cheios de luz,
agora só trevas.
Antes meu mundo colorido,
agora preto e branco.
Antes a vida fazia sentido,
agora só a morte.
Meu coração quebrado.
Minh'alma ferida.
Meu corpo maculado.
Apenas dor!
Apenas tristeza!
Nada mais me faz sorrir.
Pois q me fazia sorrir era teu sorriso.
Agora que não o tenho mais.
Para que viver?
Para que?
Me responda porque viver sem amor?
Não sei?
Só sei que choro!
Meu choro escuro e melancólico.
Minha dor.
Minha vida fria e escura.
É oque me resta para a eternidade...
Essa maldição de amor...

Raysa Ribeiro
23.12.2012